SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.10 issue19Analysis of Technological and Educational Aspects that Influence in Economic Income in MexicoThe Professional Development of Teachers. A Proposal From the Complexity author indexsubject indexsearch form
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

  • Have no similar articlesSimilars in SciELO

Share


RIDE. Revista Iberoamericana para la Investigación y el Desarrollo Educativo

On-line version ISSN 2007-7467

Abstract

MEZA MEJIA, Mónica del Carmen; GALBAN LOZANO, Sara Elvira  and  ORTEGA BARBA, Claudia Fabiola. Experiências e desafios das mulheres pertencentes ao Sistema Nacional de Pesquisadores. RIDE. Rev. Iberoam. Investig. Desarro. Educ [online]. 2019, vol.10, n.19, e002.  Epub May 15, 2020. ISSN 2007-7467.  https://doi.org/10.23913/ride.v10i19.491.

A necessidade de acesso das mulheres ao ensino superior no México tem sido evidente desde os tempos antigos. No entanto, os primeiros estudos sobre pesquisadores do sexo feminino neste país podem ser rastreados há menos de 80 anos; Mais recente é o interesse em conhecer as vicissitudes que uma mulher atravessa em sua carreira como pesquisadora, e no contexto mexicano, mais especificamente, como membro do Sistema Nacional de Pesquisadores (SNI). Portanto, o estudo aqui apresentado buscou compreender as experiências e identificar os desafios percebidos pelos pesquisadores pertencentes ao SNI para admissão, permanência e promoção dentro do sistema.

Esta investigação foi enquadrada no paradigma interpretativo e para a coleta de informações utilizou-se a técnica da entrevista semiestruturada. A análise das informações foi realizada utilizando o método de comparações constantes. A partir disso, identificou-se que os participantes percebiam alguns desafios em nível pessoal e institucional, refletidos nas metacategorias construídas. A metacategoria do pessoal foi dividida em duas categorias. De um lado, o "ser pesquisador", onde é feita referência às experiências que viveram e que as levaram a se tornar pesquisadores, além do significado que tem para elas se dedicarem a isso e como se definem dentro de si. este trabalho. Por outro lado, o papel da família, no qual as dificuldades foram encontradas para alcançar um equilíbrio entre a vida familiar e o trabalho, e, de outro, a importância do apoio familiar em sua carreira profissional. Na metacategoria institucional, entretanto, os pesquisadores enfrentam a cultura e as políticas de duas instituições diferentes: a universidade à qual estão ligadas e o próprio SNI. Entre as conclusões mais relevantes, pode-se dizer que tanto nas universidades públicas quanto nas privadas, as mulheres enfrentam o desafio de alcançar um equilíbrio entre a vida familiar e o trabalho. Passando a atuar profissionalmente, há dois desafios comuns: as dificuldades para a produção científica e a formação de novos pesquisadores. Nas universidades públicas isso é devido, na maioria dos casos, à falta de tempo como resultado de atividades como maternidade e cuidado familiar, enquanto no caso de indivíduos privados, o primeiro é uma conseqüência dos tempos de revisão, publicação e indexação, e o segundo, pela ausência de cursos de pós-graduação voltados à pesquisa na universidade de atribuição.

Keywords : condições institucionais de pesquisa; mulheres pesquisadoras; políticas de pesquisa.

        · abstract in English | Spanish     · text in Spanish     · Spanish ( pdf )