SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.8 número16Transversalidade do eixo do meio ambiente no ensino superior: um diagnóstico do grau em Contabilidade da UAGroConstrução de um instrumento para aprendizagem on-line de estudantes universitarios índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


RIDE. Revista Iberoamericana para la Investigación y el Desarrollo Educativo

versão On-line ISSN 2007-7467

Resumo

RINCON CASTILLO, Alejandro Guadalupe. O processo de transferência no uso de TIC em escolas normais no estado de Zacatecas. RIDE. Rev. Iberoam. Investig. Desarro. Educ [online]. 2018, vol.8, n.16, pp.622-646. ISSN 2007-7467.  https://doi.org/10.23913/ride.v8i16.361.

Esta pesquisa tem como objetivo analisar as concepções educacionais, disciplinares e tecnológicos de professores de escolas normais para descobrir o que determina o professor de incluir e incorporar tecnologias de informação e comunicação (TIC) no processo educativo e que o processo de transferência que realizam. Para isso, será realizado um desenho fenomenológico, que visa explorar, descrever, compreender e compreender as experiências de professores normais, incluindo e incorporando as TIC na sua prática docente. Em particular, o fenômeno de interesse é responder ao questionamento de qual é o processo de transferência realizado pelos professores normalistas. Todos contextualizada nas escolas normais no estado de Zacatecas e aplicado a professores que frequentam os temas de trabalho de ensino e inovação e as TIC na Educação, principalmente porque eles são assuntos que têm um impacto directo sobre a competência profissional, ou seja, , use as TIC como ferramentas de ensino e aprendizagem.

Entre os resultados alcançados, percebe-se que, ao analisar a descrição de cada professor, pode-se estabelecer que a determinação das TICs se baseia em três dimensões: tecnológica, disciplinar e didática. No aspecto tecnológico, os professores consideram acessibilidade, conectividade, habilidades digitais, alfabetização digital e infraestrutura. No campo disciplinar, identifica-se que qualquer conteúdo pode ser desenvolvido com a ajuda das TICs, mas há indícios sobre a identificação da natureza do conteúdo (declarativo, processual e atitudinal). E no aspecto didático, as características dos alunos são contempladas, o TIC como meio ou instrumento de aprendizado e a estratégia a ser utilizada.

Com relação à implementação das TIC, percebe-se que as informações coletadas coincidem com o exposto por Barrantes, Casas e Luengo (2011), que identificam, por sua vez, três tipos de dificuldades: infraestrutura e materiais, capacitação e treinamento. de organização e currículo. O processo de transferência, por outro lado, é percebido a partir de dois tipos identificados por Flores (2004): a transferência cognitiva, que é generalizada no plano abstrato de teoria para teoria e visualizada, sendo uma aplicação próxima e segura da teoria. aprendizagens e planeadas. E outros instrutores estão mais próximos das transferências em ação e da transformação da prática, que é da teoria à prática, ou seja, a aplicação da aprendizagem na prática docente com o real desempenho do sujeito na prática. vida quotidiana.

Palavras-chave : competência digital; professor educador; processo de transferência; TIC.

        · resumo em Espanhol | Inglês     · texto em Espanhol     · Espanhol ( pdf )