SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.8 número16Qualidade educacional em instituições de ensino superior: avaliação da síndrome de burnout em professoresTrabalho docente mediado com tecnologias de informação e comunicação na telesecundaria. Representações sociais de professores índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


RIDE. Revista Iberoamericana para la Investigación y el Desarrollo Educativo

versão On-line ISSN 2007-7467

Resumo

VILLAR GARCIA, María Gabriela; MORA CANTELLANO, María del Pilar Alejandra  e  MALDONADO REYES, Ana Aurora. Uma abordagem à pesquisa qualitativa na disciplina de design. RIDE. Rev. Iberoam. Investig. Desarro. Educ [online]. 2018, vol.8, n.16, pp.535-556. ISSN 2007-7467.  https://doi.org/10.23913/ride.v8i16.357.

A partir da disciplina de design, é importante reconhecer uma série de necessidades em torno dos aspectos metodológicos relacionados a uma prática de trabalho que, durante anos, correspondeu a um pequeno exercício reflexivo sobre a aplicação metodológica no desenvolvimento conceitual e projetos O campo acadêmico e de pesquisa na área começou a disseminar e disseminar os processos que levaram a uma prática com resultados favoráveis. O exposto com o intuito de gerar conhecimento sobre a disciplina, mas, acima de tudo, propor marcos metodológicos para o exercício da profissão. No contexto descrito, o objetivo deste artigo é reconhecer a importância da pesquisa qualitativa na profissão de design, expondo os referenciais interpretativos do interacionismo, da hermenêutica e da etnografia como coadjuvantes da práxis profissional.

Como discussão, a pesquisa qualitativa é apresentada como um paradigma que busca compreender as interações e significados subjetivos em grupos quando abordam textos de design em contextos que se estabelecem como referenciais interpretativos. O objeto ou produto do design é reconhecido como um texto - com capacidade discursiva -, de modo que seu discurso estrutura uma realidade social e cultural. O texto do design pode ser definido como uma entidade com seu próprio discurso, como um trabalho com um estilo, um gênero e uma composição. A pesquisa qualitativa na área do design faz parte de uma ordem inclusiva, reflexiva, holística e aberta a novos conhecimentos, além de se apresentar ao referencial do interacionismo simbólico - como possibilidade de compreender como a interpretação é construída no meio textos e, portanto, como o significado deles pode ser orientado em um contexto de coletividade. A hermenêutica é reconhecida como uma ferramenta de interpretação e a hermenêutica analógica é apresentada como um campo de ação para o exercício do design. A etnografia é apresentada como uma estratégia para abordar grupos ou comunidades com rigor metodológico.

A partir da perspectiva descrita nos parágrafos anteriores, o texto e seu contexto tornam-se unidades de análise para a interpretação do discurso do design, em que os quadros interpretativos de referência são os espaços para a apropriação, interpretação e significado dos objetos criados.

Palavras-chave : design; etnografia; hermenêutica; interacionismo simbólico; pesquisa qualitativa.

        · resumo em Espanhol | Inglês     · texto em Espanhol     · Espanhol ( pdf )