SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 número52Garcilaso y Oliva: dos miradas, dos lecturas de la guerra entre incas y chancasA cosmopolítica do Consenso de Washington e as indústrias culturais na América Latina índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Latinoamérica. Revista de estudios Latinoamericanos

versión impresa ISSN 1665-8574

Resumen

SILVA, Luiz Fernando da. A política externa estadunidense no atual quadro político sul-americano. Latinoamérica [online]. 2011, n.52, pp. 71-90. ISSN 1665-8574.

A tese central que procuramos explorar nesse artigo é de que o presente quadro político sul-americano tem exigido do imperialismo estadunidense uma redefinição estratégica, no sentido de neutralizar, debilitare, se possível for, destruir experiências/ tendências políticas regionais que não se alinham à sua política externa. Sob a máscara da defesa da democracia e do argumento de que as "políticas orientadas para o mercado" latino-americano correm risco, em razão de questões como delinqüência, crime organizado internacional, narcotráfico mundial e terrorismo global, a estratégia global do imperialismo estadunidense passa então a definir uma nova doutrina de guerra preventiva que justifica a utilização do poder bélico contra qualquer país, em nome de sua própria defesa. No cerne da questão o que -de fato- está em pauta é a defesa (e reprodução) dos interesses de suas corporações multinacionais e capital financeiro, por meio do confisco internacional de ativos lucrativos, tais como financeiros, energéticos, comunica-cionais e de recursos naturais, ademais do domínio de mercados locais.

Palabras llave : Militarização-América Latina; Imperialismo-estadunidense; Política externa-Estados Unidos.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Portugués     · pdf en Portugués