SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 número2Enfermería: ¿Ciencia Normal o Ciencia Revolucionaria?Conocimiento e investigación sobre la autonomía profesional en enfermería. Revisión narrativa índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

  • No hay artículos similaresSimilares en SciELO

Compartir


Enfermería universitaria

versión On-line ISSN 2395-8421versión impresa ISSN 1665-7063

Resumen

URRA-MEDINA, E.  y  SANDOVAL-BARRIENTOS, S.. A análise do discurso crítico nas pesquisas de saúde. Enferm. univ [online]. 2018, vol.15, n.2, pp.199-211. ISSN 2395-8421.  http://dx.doi.org/10.22201/eneo.23958421e.2018.2.65176.

Os analistas do discurso crítico (ADC) referem-se à linguagem como uma prática social. Envolve uma relação dialética entre um evento discursivo particular e a situação(ões), instituição(ões) e estrutura social(ais) que o enquadra. Assim, o discurso é socialmente constituído como também condicionado socialmente, e desde essa situação o ideológico e o poder situam-se na linguagem condicionada o que pode se dizer ou não. O ADC, particularmente de N. Fairclough, com seu modelo teórico-metodológico 3-D pode apoiar a pesquisadores em desvelar as relações de domínio e poder que implica a relação dialética de eventos discursivos em um fenómeno de saúde que seja problemático a nível social.

Objetivo:

Este artigo de revisão de narrativa trata sobre a análise crítica do discurso (ADC) e expõe os preceitos mais importantes que o distinguem.

Focaliza-se no modelo 3-D de Norman Fairclough para detalhar sua metodologia e seu desenvolvimento de análise descritiva, interpretativa e social, com alguns exemplos de seu modelo aplicados em saúde.

Palabras llave : Análise de discurso crítico; metodologia de pesquisa; pesquisa em saúde; Chile.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Español     · Español ( pdf )