SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 número2Percepción del personal de salud sobre un programa de detección oportuna del cáncer cervical índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

  • No hay artículos similaresSimilares en SciELO

Compartir


Enfermería universitaria

versión On-line ISSN 2395-8421versión impresa ISSN 1665-7063

Resumen

OSTIGUIN-MELENDEZ, R.M.  y  BUSTAMANTE-EDQEN, S.. Processo de cuidado desde a óptica de famílias mexicanas urbanas pobres. Enferm. univ [online]. 2018, vol.15, n.2, pp.115-123. ISSN 2395-8421.  http://dx.doi.org/10.22201/eneo.23958421e.2018.2.65169.

A família tem sido vista como recurso, médio, contexto ou elemento onde o cuidado de, entre e por seus integrantes adquire sentido e pouco se sabe sobre os mecanismos do cuidado familiar ao interior, pelo que é importante desde quadros epistémicos específicos desvelar os elementos que participam; sob esta perspectiva esta pesquisa é uma contribuição à saúde coletiva.

O objetivo foi explorar o cuidado familiar em população mexicana como processo.

Metodologia: O estudo foi qualitativo, descritivo e exploratório; realizou-se em cinco famílias mexicanas da Cidade do México que assistem a um dispensário médico. A informação foi coletada com a guia de entrevista e notas de campo; a análise foi temática. Os resultados mostram que o cuidado familiar é um processo autopoiético , enquanto se estabelece como traço ontogenético, onde se aprende a cuidar em, para e pela família transgeracionalmente, por médio de um ato de auto construção que evita a importação indiscriminada de ações de cuidado desde o exterior e mobiliza-se como espiral-recursivo, para assegurar a preservação de modelos familiares a través de um ato de adaptação que gera mecanismos de preservação do cuidado como traço que identifica ao grupo, onde seus valores determinam a ação cotidiana de cuidar na família.

Conclusões: O cuidado familiar é um processo autopoiético em espiral- recursivo, enquanto seus integrantes experimentam câmbios constantes que preservam ou não desde sua própria ontogenia como família que cuida.

Palabras llave : Cuidado; apoio familiar; enfermagem; relações familiares; México.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Español     · Español ( pdf )