SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 número34Caracterización de las proteínas de reserva y composición mineral de la semilla de capulín (Prunus serotina)Plantas medicinales y listado florístico preliminar del municipio de Huasca de Ocampo, Hidalgo, México índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

  • No hay artículos similaresSimilares en SciELO

Compartir


Polibotánica

versión impresa ISSN 1405-2768

Resumen

LUCENA, Reinaldo Farias Paiva de et al. Uso de recursos vegetais da Caatinga em uma comunidade rural no Curimataú Paraibano (nordeste do Brasil). Polibotánica [online]. 2012, n.34, pp.237-258. ISSN 1405-2768.

O presente estudo buscou realizar um inventário de plantas úteis em uma área da Caatinga localizada no município de Soledade (Nordeste, Brasil). A pesquisa foi realizada em duas etapas, na primeira foi feito um inventário fitossociológico em fragmentos dessa vegetação próximos à comunidade, para identificar as espécies, e na segunda um levantamento etnobotânico por meio de entrevistas semiestruturadas realizadas com 33 informantes de ambos os sexos, com o intuito de investigar o conhecimento destes acerca dos usos atribuídos às plantas. Um total de 101, das quais 84 são consideradas úteis pela comunidade. Foram distribuídas em nove categorias de uso (forragem, medicinal, tecnologia, construção, alimento, combustível, veterinário, veneno-abortiva outros). Dentre estas as mais relevantes com relação ao número de espécies inclusas foram as categorias forragem, medicinal e tecnologia, com mais de 20 espécies. O caule é a parte da planta mais utilizada, reforçando a importância dos recursos madeireiros para a comunidade. O conhecimento sobre o potencial utilitário da vegetação nativa parece estar uniformemente distribuído entre os informantes. Poucas espécies detêm alto valor de uso, enquanto a maioria apresenta valores pouco relevantes. Embora não haja uma verdadeira distinção entre o uso real e o uso cognitivo dos recursos vegetais, o registro dos saberes locais torna-se imprescindível porque os conhecimentos das populações são fundamentais para o estabelecimento de técnicas de uso e manejo desses recursos, que minimizem a ação antrópica sobre a biodiversidade da Caatinga, de modo que, as potencialidades desse bioma possam ser usufruídas pelas gerações futuras.

Palabras llave : Caatinga; etnobotânica; valor de uso; saberes locais.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Portugués     · Portugués ( pdf )

 

Creative Commons License Todo el contenido de esta revista, excepto dónde está identificado, está bajo una Licencia Creative Commons