SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 issue27Production and storage of acorns in Quercus hintonii Warburg (Fagaceae) from the Rio Balsas Depression, MexicoLos usos múltiples de las plantas de Sabana: un estudio de la comunidad "Sitio Pindura", Rosário Oeste, Mato Grosso, Brasil author indexsubject indexsearch form
Home Pagealphabetic serial listing  

Polibotánica

Print version ISSN 1405-2768

Abstract

SAUSEN, Tanise Luisa; LOWE, Tatiana Raquel; FIGUEIREDO, Luciano Silva  and  BUZATTO, Cristiano Roberto. Avaliação da atividade alelopatica do extrato aquoso de folhas de Eugenia involucrata DC. e Acca sellowiana (O. Berg) Burret. Polibotánica [online]. 2009, n.27, pp. 145-158. ISSN 1405-2768.

A alelopatia é um fenômeno de interferência, mediado por uma interação bioquímica entre organismos vegetais, com influência sobre os processos de estabelecimento e formação de comunidades vegetais. Observações a campo demonstram existir baixa regeneração de espécies no interior de formações vegetais conhecidas como matas de Mirtáceas, nas quais dominam espécies dessa família, dentre elas Acca sellowiana e Eugenia involucrata. O objetivo desse trabalho foi avaliar o potencial alelopático de A. sellowiana e E. involucrata, através de bioensaios de germinação, crescimento e reversibilidade, utilizando Lactuca sativa (alface) e Solanum esculentum (tomate) como espécies alvo. As sementes e plântulas das espécies alvo foram tratadas com extratos aquosos das folhas das espécies teste em diferentes concentrações (controle, 25%, 50%, 75% e 100%). Os processos de germinação e de crescimento foram reduzidos com o aumento da concentração dos extratos de A. sellowiana e E. involucrata, e a reversibilidade foi observada pelo crescimento da parte aérea. Esses resultados apontaram que as espécies avaliadas apresentam potencial alelopático.

Keywords : alelopatia; germinação; crescimento; Eugenia involucrata; Acca sellowiana.

        · abstract in Spanish     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese