SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.42 número165Lutas contra a pobreza na América Latina: o caso da pobreza rural no BrasilO financiamento bancário das PMES na Argentina (2002-2009) índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO

Compartilhar


Problemas del desarrollo

versão impressa ISSN 0301-7036

Resumo

PALMA, Pedro A.. Riscos e consequências das economias rentistas: o caso da Venezuela. Prob. Des [online]. 2011, vol.42, n.165, pp.35-59. ISSN 0301-7036.

As economias rentistas, ou seja, aquelas que dependem da renda gerada por uma atividade econômica, geralmente da exportação de algum produto básico como o petróleo, não podem experimentar um processo de desenvolvimento sustentável, já que ao depender de atividades econômicas mutáveis e voláteis, que estão sujeitas a realidades externas, fora de seu controle, se transformam em economias vulneráveis. Tradicionalmente, aplicam políticas econômicas pró-cíclicas, que geram bonança nos períodos de altos preços do produto que exportam, mas em recessão, empobrecimento e inflação nos períodos de baixos preços. Nelas se valoriza notavelmente a moeda nos anos de bonança, para logo sofrer massivas desvalorizações com efeitos devastadores.

Palavras-chave : Economia rentista; Doença holandesa; Vulnerabilidade econômica; Fundos de estabilização; Diversificação econômica.

        · resumo em Espanhol | Inglês | Francês |     · texto em Espanhol     · Espanhol ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons